Rosh Hashaná – O Ano Novo Judaico

shutterstock_219196417

 

 

Na Religião Judaica, o ano novo é comemorado em outra data e se chama Rosh Hashaná. Para os Judeus, nós já estamos no ano 5.775 e, no dia 14 de setembro, eles comemorarão a passagem para o ano 5.776. O calendário que eles usam não é o mesmo que o tradicional gregoriano. É um calendário inventado por Hillel II que, inclusive, é mais antigo do que o nosso. Foi inventado no ano 359. Uma diferença entre os dois é que o calendário gregoriano é baseado só no sol, enquanto o calendário judaico se baseia no sol e na lua.

 

shutterstock_186637163

 

 

A comemoração do Rosh Hashaná dura dois dias. Normalmente, ele é comemorado no primeiro dia do mês Tishrei”, ou seja, no primeiro dia do sétimo mês. Este ano, será do dia 13 até o dia 15 de setembro. De acordo com a tradição, neste período é comemorada a conclusão da criação do universo e a aceitação da soberania de Deus sobre o mundo. Além do ano novo judaico, esta comemoração inclui mais três temas: O dia do julgamento, o dia da lembrança e o dia do toque do Shofar, quetem a intenção de simbolizar a soberania de Deus sobre o mundo, relembrar os Judeus sobre os dez mandamentos dados no Monte Sinai, da devoção de Abraão e Isaac a Deus, despertar as pessoas para o arrependimento e anunciar o Dia do Julgamento e da chegada do Messias. Os judeus buscam o perdão de seus pecados e a renovação de suas almas por meio da passagem do tempo.

 

shutterstock_298535357

 

 

Desta maneira, o Rosh Hashaná é o “dia do julgamento”. Um dos temas mais proeminentes do feriado gira em torno do simbólico “Livro da Vida”. A vida de um judeu depende de se ele toma ou não a decisão de fazer correções durante o período do Grande Feriado através do arrependimento (teshuvah), da oração (tfiloh), e da caridade (tzedakah). Este é um momento chave, um tempo para reflexão sobre os erros cometidos, e de decidir perante Deus não repeti-los no próximo ano.

 

COSTUMES DA CELEBRAÇÃO

shutterstock_143701375

Maçã e mel – Na refeição da noite de Rosh Hashaná é costumeiro comer uma maçã mergulhada no mel entre outros pratos  doces para simbolizar um ano novo doce.

Reza Judeus religiosos participam dos serviços prolongados nas sinagogas, e repetem rezas especiais e músicas litúrgicas que variam de um grupo étnico para outro.

Cumprimentos de Ano Novo – Até alguns anos atrás, Judeus em Israel (e arredor do mundo)  costumavam mandar cartões de “Shaná Tová” a seus amigos e parentes desejando a eles saúde, felicidades e prosperidade no ano vindouro. Hoje em dia este costume quase desapareceu uma vez que a maioria prefere usar o telefone ou mandar um e-mail. De um jeito ou de outro, é costumeiro, os Judeus desejarem a todos que encontram durante o período de Ano Novo um “Shaná Tová” – bom ano novo.

Flores Online