#HistóriasdeSuperação V – Outubro Rosa

10387241_758148127554935_6237518684976945722_n

Durante todo o mês de Outubro contaremos as histórias de superação colhidas pelo Instituto Se Toque. Cada história uma emoção diferente. Abra o coração e boa leitura!

Dia da Maria de Lourdes

Uma história de cinema

Maria-de-Lourdes

 

A maioria das mães vive em função de seus filhos. Maria de Lourdes sabe bem disso e é um exemplo de compaixão: adotou uma filha com necessidades especiais. Em meio à maratona de exames de saúde da sua única filha, deixou os seus de lado.

Em 2012, sentiu um caroço em casa e marcou consulta médica. Assim que, aos 41 anos de idade, teve o diagnóstico de câncer de mama.

Parece história de cinema, daqueles filmes em que precisamos ficar com o lenço nas mãos: quando recebeu o diagnóstico Maria havia perdido sua mãe havia 30 dias para um câncer.

E tem mais. No mesmo dia que descobriu que estava com câncer, o médico de sua filha avisou que ela deveria fazer uma cirurgia de urgência e lhe disse para escolher entre sua vida e a da filha.

“Não vou escolher. Vamos salvar as duas!”, disse Maria ao médico.

Após 19 dias Maria de Lourdes realizou a cirurgia, retirou um quadrante da mama direita. Após 30 sessões de quimioterapia, a dona de casa de Itapecerica da Serra (SP) manteve o sorriso no rosto. “É o mínimo que eu podia fazer por tanta gente que estava rezando e torcendo por mim.”

Maria se sente orgulhosa. Nunca quis usar peruca, frequentou diversos lugares sem lenço e se via no espelho como uma guerreira corajosa.

“Tenho sede de viver, eu gosto de rir, sorrir e me sentir viva, era assim que eu queria ficar, melhorar logo!”, afirma.

Com o apoio do marido, da família e dos amigos, ela logo se recuperou e manteve a energia em alta, transmitindo o valor que a vida tem a todos ao seu redor.

Evitando o espelho

Maria fez a reconstrução mamária e hoje não vê diferença entre os dois seios, embora evite o espelho pois não gosta de olhar a cicatriz. Hoje, com 43 anos, Maria faz academia todos os dias pela manhã e à tarde cuida de sua pequena e da casa.

Além disso, quando pode faz caminhada, pois sua meta é participar de alguma caminhada ou corrida contra o câncer de mama em 2015.

O recado da Maria de Lourdes para as mulheres é, além de fazer exames com frequência para detectar a doença, é:  “Sinta vontade de viver! A gente busca força de onde não tem. Viva intensamente a dor, a alegria, a tristeza, o amor. Nós estamos aqui pra viver e ser feliz, não para ficar em cima de uma cama.”

 Parabéns pela luta, garra e coragem, Maria de Lourdes!